top of page

Ottozine

Fotografias de Renan Otto

  • ottomaisotto

Providência Water Club

Sobre o Direito à Moradia, não falamos apenas sobre ter um teto acima de nossas cabeças, mas ter um lar seguro, livre do risco de remoções, com infraestrutura básica (luz, água, esgoto), escola, hospital, área de esporte e lazer... Ainda estamos distantes de tudo isso que é básico, mas sempre damos nosso jeito.


Apelidei essa série de "Providência Water Club", e é sobre como damos um jeito de subverter essa opressão que sofremos pra insistir em sermos felizes.


Cada favela é de um jeito, não tem como generalizar, cada comunidade tem seus hábitos e estilos de vida, e fotografar no Morro da Providência sempre foi muito curioso, num dia você encontra moradores antigos ou lideranças comunitárias e conversa sobre passado/presente/futuro do morro, num outro dia um milhão de crianças querendo brincar, cantar, falar, fotografar com sua câmera, e no outro não acontece absolutamente nada, como se fosse uma favela fantasma. Bom, era exatamente esse o clima quando eu, @rubiapella , @alessandrofalco e @valdanogueira decidimos andar pelas escadarias e becos da favela, paramos num bar pra beber e puxar assunto, mas nada acontecia, tudo vazio, todas as pessoas fechadas, apenas o calor do verão nos fazia companhia, foi quando dobramos um beco e demos de cara com a cena: duas piscinas, música, cerveja, comida, mangueiras jorrando água e uma galera alucinadamente feliz. Fomos avistados e a multidão veio aos gritos em nossa direção, como se fôssemos os convidados que faltavam chegar na festa. Minha reação foi a mais óbvia e instintiva: tirei a mochila, o tênis e me entreguei ao grupo que fez questão de carregar cada um de nós nos braços e jogar na piscina! Pronto, a melhor forma de se conectar ao outra, através da festa, da alegria, da diversão. É lindo quando estamos conectados.


Passamos uma refrescante tarde no Morro da Providência ao lado de pessoas maravilhosas, descemos o morro de alma e corpo lavados, cheios de ótimas fotos e memórias desse dia tão marcante.


Na última foto faço uma homenagem à Valda, sempre presente no momento presente, sempre conectada ao todo. Obrigado pela inspiração e energia, Valda. Obrigado por tudo!




2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page